Você tem o Pênis Torto? – Veja Como Resolver Este Mistérios

Tempo de leitura: 6 minutos

Shocked and terrified. Portrait of young man covering his face by hand and looking at camera while standing against grey background

Muitos homens sofrem por ter o chamado pênis torto que pode trazer muitas dificuldades para as suas relações sexuais bem como abalo para a sua autoestima. A curvatura do pênis pode ser motivada por uma malformação congênita ou então pela doença de Peyronie. Os médicos urologistas alertam que ter pênis curvado é mais comum do que se costuma pensar e que em alguns casos essa curvatura não representa um problema.

A preocupação deve ocorrer quando a curvatura tem mais do que 30°, pois a partir desse ponto pode se tornar muito difícil manter relações sexuais sendo complicado até mesmo conseguir uma ereção causando a ejaculação precoce ou nem ejaculando. Saiba mais sobre os problemas que podem causar o pênis torto e como tratar cada um deles.

Malformação congênita e o pênis torto 

Quando o problema é devido a uma malformação congênita a solução é simples e consiste numa cirurgia em que o médico faz a compensação do lado menor do pênis reduzindo o lado maior achando que é um homem de pinto pequeno. Obviamente os homens se assustam com a palavra “redução” tendo a sensação de que o tamanho do pênis será reduzido,  mas os médicos alegam que a diminuição é bem pequena e imperceptível. A cirurgia é bem simples e o indivíduo pode ir para casa no mesmo dia da realização do procedimento.

Doença de Peyonie e o pênis torto 

penistorto

O nome dessa doença é uma homenagem ao primeiro médico a descrevê-la, François Gigot de La Peyronie (1678 – 1747) que foi médico do rei da França Luiz XV. O médico era portador da curvatura do pênis além de ser ministro da saúde. O médico descobriu que a curvatura era motivada pela formação de uma placa de fibrose situada em qualquer parte do pênis. Os indivíduos acometidos pela doença tem a sensação de que se trata de um caroço na túnica albugínea que serve para o revestimento do corpo cavernoso.

O problema pode ser associado tanto a curvatura do pênis quanto a sensação de dor durante a ereção. Quem tem essa curvatura pode perceber que quando está excitado o pênis fica posicionado para cima. Contudo, podem acontecer casos em que o pênis fica encurvado para os lados ou para baixo. Os corpos cavernosos parecem com esponjas que ficam cheias de sangue para que aconteça a ereção e a túnica albugínea é um tecido elástico. Se existir um tipo de caroço nessa região pode ficar bem difícil para a túnica albugínea se distender. Um dos lados consegue ficar ereto enquanto o outro não e por isso o pênis fica torto.

>>>>Hormônio Masculino – O que É Testosterona? Entenda Aqui<<<<

Quais os riscos de pênis torto por doença de Peyronie? 

Uma das principais comparações entre pênis torto por malformação congênita e por doença de Peyronie é que na última o pênis costuma ficar extremamente voltado para cima tornando muito difícil a penetração e podendo causar dores terríveis. Os indivíduos com essa curvatura podem se machucar durante o ato sexual e aumenta também o risco de desenvolvimento de câncer de próstata.

Qual a origem da doença de Peyronie? 

Alguns estudos apontam que essa doença é motivada por uma questão genética e outros que pode ser resultante de machucados na região íntima. Independente da causa é importante ter o acompanhamento de um médico.

Tem tratamento para doença de Peyronie? 

A primeira coisa que deve ficar clara é que nos casos em que a curvatura do pênis não causa dores durante a ereção e nem mesmo influencia no dia a dia não precisa de tratamento. Normalmente o tratamento mais comum da doença de Peyronie é a realização de uma cirurgia, quando é doença de “medo” como a Vigorexia que consiste em um transtorno dismórfico muscular que tem como principal característica a insatisfação com o próprio corpo. O que muitos médicos recomendam é que o paciente aguarde o período de um ano antes de se submeter ao tratamento cirúrgico, pois a doença pode retroceder sozinha.

Também é possível tratar a curvatura com injeções de esteroides na região que está torta. Porém, é necessário que se diga que não existem comprovações científicas a respeito da eficácia desses tratamentos. Converse com seu médico para saber qual é a real importância do tratamento.

Doença de Peyronie e impotência 

penis torto

Muitas pessoas acreditam que a doença de Peyronie está associada a esterilidade o que não é verdade, porém, pode ser que em alguns casos esteja ligada a problemas de impotência sexual (veja mais sobre azulzinho viagra contra a impotência sexual). Em alguns casos raros acontece de a doença evoluir para um quadro muito agressivo em que a placa é responsável por estrangular o corpo cavernoso de tal maneira que ele é então substituído por outro tipo de tecido que não permite mais que o indivíduo tenha ereções. Tem outros casos em que a curvatura tem a forma de S e isso impede que a pessoa mantenha relações sexuais, uma solução é o uso de uma prótese para deixar o pênis reto.

Dicas de posições sexuais para quem tem pênis torto 

Como já explicamos nos casos em que o pênis torto não traz prejuízos para a saúde nem na hora de bater punheta não é necessário corrigir a curvatura. Para ter mais satisfação sexual e oferecer mais prazer para a parceira listamos algumas opções de posições sexuais que são especialmente interessantes para que tem o pênis curvado. A principal dica é que a parceira fique posicionada no sentido para o qual o pênis é curvado.

Por exemplo, se o pênis é curvado para cima a posição em que o homem fica em cima da mulher pode ser bastante interessante para ela, a curva da ponta pode favorecer o contato com o ponto G. Já nos casos em que o pênis é curvado para um lado é legal uma posição em que os dois fiquem de lado. Basta usar sua criatividade para encontrar uma posição confortável para ambos.

Recomendados Para Você:

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *