Tempo de leitura: 6 minutos

como-tomar-creatina

Na busca por ter um corpo mais bonito e definido muitas pessoas tem feito uso dos suplementos e um dos destaques dessa indústria fica para os suplementos de Creatina. Se você tem dúvidas a respeito dos suplementos de Creatina para ajudar no seu processo de construção de um corpo mais bem delineado continue lendo. Vamos responder as principais questões que você pode ter a respeito de suplementação com Creatina.

Creatina – O Que é?

Essa substância é produzida pelo fígado e pelo pâncreas naturalmente e é formada por três aminoácidos: glicina, arginina e metionina. É possível encontrar essa substância na sua alimentação, pois está presente em carnes vermelhas e até mesmo em peixes. Contudo, como essa substância é encontrada em quantidades ínfimas nos alimentos pode ser interessante procurar por um suplemento multivitamínico. A dose recomendada de Creatina para o organismo é de 5 gramas por dia, para obter isso através da alimentação seria necessário consumir 1 kg de carne de vermelha.

Entendendo o funcionamento da Creatina

creatina

Para compreender porque a suplementação com essa substância é relevante precisamos entender o seu mecanismo de funcionamento. No momento em que músculos se contraem geram um composto chamado de ATP que trabalha liberando uma molécula de fosfato que dá energia para o organismo e que dá origem a outro composto chamado ADP. O ATP consegue fornecer energia para 10 segundos, se o indivíduo deseja que a contração muscular continue precisa dar mais ATP para o organismo.

Gestantes Devem Fazer Musculação? Veja Aqui Tudo O Que Precisa

O papel do suplemento de Creatina é fornecer ao organismo mais uma molécula de fosfato para criar mais ATP. Seria como adicionar mais combustível ao motor de um carro que estava quase parando. Outro benefício que o uso de energia ATP oferece é o fato de que evita o uso de energia conhecida como glicólise que pode causar uma sensação de queimação devido a produção de ácido lático.

Como a Creatina pode ajudar?

A partir do entendimento de que Creatina ajuda a aumentar a energia ATP do seu organismo é mais fácil compreender que o uso desse tipo de suplementação pode contribuir para aumentar a intensidade dos seus treinamentos bem como tornar mais efetiva a recuperação dos seus músculos entre uma série e outra coisas que o BCAA também pode fornecer. Pessoas que usam suplementos de Creatina perceber aumento de força e também ganho de massa magra.

Dentre os suplementos que são mais comercializados no mundo a Creatina tem um lugar de destaque, pois oferece uma série de resultados no que diz respeito a estética bem como ao desempenho físico. Contudo, é importante que a suplementação seja feita com responsabilidade e com acompanhamento médico.

Como tomar suplementos de Creatina

creatina como usar

Quando se fala a respeito do uso de suplementos de Creatina é normal usar a palavra saturação. Para quem não conhece esse termo explicamos que ele significa ingerir 5 gramas de creatina 4 vezes por dia durante um período de 5 dias. Após esses primeiros cinco dias vem o que é chamado de fase de manutenção que consiste em tomar entre 2 e 5 gramas de Creatina por dia durante um mês. A questão que fica é se é melhor saturar ou não para fazer suplementação de Creatina.

Pesquisas demonstraram que a saturação pode oferecer resultados idênticos a ingestão de 3 gramas de Creatina por dia. O que os especialistas em termoplus e suplementação recomendam para quem está querendo fazer suplementação com Creatina é ingerir o suplemento mesmo em dias em que não há treino. Uma possibilidade é reduzir de 5 para 3 gramas a quantidade nos dias em que não haverá treino, por exemplo.

Quando tomar a Creatina?

Algo muito importante de saber a respeito da Creatina é que essa substância não oferece efeito imediato de maneira que o indivíduo pode tomar o suplemento num dia e não sentir absolutamente nenhum efeito no seu treinamento. Os efeitos da Creatina irão surgir com o uso regular do suplemento. A recomendação é fazer a ingestão de Creatina junto com carboidratos uma vez que eles ajudam a melhorar a absorção dessa substância. Você pode potencializar o efeito da Creatina tomando o seu suplemento no pós-treino junto com outros suplementos como Whey Protein, por exemplo.

Creatina causa problemas para os rins?

Bem provavelmente você já ouviu falar que a Creatina pode oferecer problemas para os rins, não é mesmo? Se você tem essa dúvida continue lendo e entenda de onde vem essa ligação da Creatina com os rins. Quando a Creatina é ingerida ela se liga a uma molécula de fosfato criando o que conhecemos como fosfatocreatina que acaba sendo armazenada nas células dos músculos. Para a produção de energia ATP o organismo quebra essa molécula para ter acesso a somente o fosfato.

Glutamina – O que é, Como Comprar, Preço e Como Usar

Nessa quebra é produzida uma substância chamada creatinina que precisa ser filtrada pelos rins e desse processo que vem a ligação da suplementação com sobrecarga dos rins. Os especialistas alertam que os rins somente serão afetados se já tiverem algum problema pré-existente e não necessariamente pelo uso do suplemento.

4.51/5 104votos

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *